SINDESP

Conheça as Variantes da Covid-19

JESS – Portal da Notícia – 1.570 publicadas – sindesp.org.br

Desde que foi notificado em dezembro de 2019 no distrito chinês de Wuhan, O coronavírus sofreu mutações. No SARS COV-2, essas variações ocorrem no RNA viral, que é quem carrega suas “informações”. Das centenas de variantes que circulam pelo mundo, pelo menos quatro delas preocupam os cientistas, entre elas duas que foram identificadas no Brasil. A primeira variante que chamou atenção foi identificada no Reino Unido. Nomeada de B.1.1.7, ela é considerada mais transmissível do que o vírus “original”. A África do Sul também registrou variantes do coronavírus em dezembro do ano passado. No brasil, pelo menos foram identificadas. A primeira delas, A P.1., detectada inicialmente em Manaus.

Quais são mutações e variantes?

A mutação é algo natural em qualquer organismo. Contudo, o SARS-COV-2, apresenta uma taxa de replicação muito maior por ter o genoma feito de RNA. Segundo Mansur, tal fato provoca erros com mais frequência na hora de replicar.

Tem uma analogia de um amigo que diz que quando você vai tirando xerox de xerox, depois do centésimo ele não é igual ao primeiro. Não necessariamente ele muda o que é documento, mas ele não o mesmo. […] quanto maior é a pandemia, maior é a chance de aparecerem essas variantes — comenta. Variante pode ser entendida como resultado desse processo de mutação. O vírus vai se adaptar às variações, selecionando as que lhe conferem vantagens. Essa ação, explica não tem relação necessariamente com o vírus ser mais letal, nem com o aumento de sua propagação.

Linhagens e cepas

As linhagens são um conjunto de variantes que se originaram de um vírus. Não há um consenso para definir um número exato de variações que caracterizam uma nova linhagem, mas que o comportamento é de substituição da antiga por uma nova. Apareceu a variante lá no Reino Unido e aí de repente eu vi que todos os vírus que estavam lá ou 80% dos vírus que estavam aparecendo são iguais esse ou muito parecidos. Então consideramos isso uma nova linhagem de vírus. Ela substitui uma linhagem antiga á as cepas são variantes ou um grupo variantes dentro de uma linhagem que se comportam diferente do vírus original.