SINDESP

Esclarecimentos sobre “Pesquisa de Intenção de Voto” para Reitor e Vice Reitor da UECE

Prezados alunos, professores e servidores técnico administrativos da UECE,

Cordiais saudações,

A Comissão Eleitoral, instituída pela Portaria 116/2020, prorrogada pela Portaria 721/2020, após tomar ciência de formulário criado no Google Forms e que assume o estranho formato de “pesquisa de intenção de voto para a consulta prévia para reitor e vice reitor da UECE”, o qual foi veiculado com brasão da UECE e por meio dos e-mails institucionais de professores, servidores e alunos ESCLARECE:

1. Não se trata de pesquisa institucional, uma vez que não foi autorizada pela Administração Superior da UECE;

2. A pesquisa exige a efetivação de login o que resulta na identificação do eleitor, contrariando frontalmente o estatuto da UECE, que garante o voto secreto;

3. Pesquisas eleitorais genuínas devem adotar critérios técnicos e obedecer a padrões estatísticos para não induzir os eleitores a erro, o que não é o caso dessa estranha pesquisa;

4. Na UECE, as consultas para escolha de reitor e vice reitor se fundamentam em critérios específicos, em que o peso dos votos tem variação por categoria de eleitor (professor, servidor técnico administrativo e aluno); ao não considerar essa variação, a supra referida pesquisa poderá promover graves distorções no resultado estatístico obtido;

5. No processo eleitoral para composição da lista tríplice para Reitor e Vice reitor, além do sigilo, é assegurado que cada eleitor vote uma única vez, o que não pode ser garantido na pesquisa ora veiculada;

6. Além de tudo, do modo como está elaborada, a estranha pesquisa não garante que os respondentes sejam eleitores legítimos do referido processo eleitoral, uma vez que a Google admite login de qualquer pessoa que tenha conta Google;

Por todo exposto, a Comissão eleitoral reafirma que a tal pesquisa não é iniciativa institucional da UECE, não tendo passado por qualquer análise ou aprovação desta Comissão. Além disso, está em total desacordo com os parâmetros legais, técnicos e estatísticos que devem nortear qualquer pesquisa eleitoral séria, caracterizando-se como um instrumento cuja formulação equivocada quebra o sigilo do voto, podendo induzir a comunidade Ueceana ao erro.

 

Atenciosamente
Profa. Germana Costa Paixão
Presidente da Comissão eleitoral
Comissão Eleitoral/2020