SINDESP

IR – Novos Informes

O término do prazo do ajuste anual do imposto de renda, exercicio 2020, praticamente está chegando ao final, com a data estabelecida para 30/06/2020, terça-feira.

O sindicato disponibilizou para os integrantes do acordo do piso salarial adequada assistência na distribuição, na informação, na orientação do uso de planilhas e outros.

A operacionalização está sendo desenvolvida por eficientes canais de comunicação e rede social, com apoio de profissionais qualificados, além do aparelhamento autêntico e incomparável do moderno sistema informatizado de consultas da central de informação do sindicato, do e-mail do professor rodrigues, do blog piso salarial realidade(Prof. Gilberto Telmo), do grupo de amigos do piso execuçao, dos advogados Julio Sampaio(SINDESP) e Carlos Eduardo(escritório jurídico contratado), dos servidores Denise e Washington, site SINDESP(Feijó) e da assistência de consultores e colaboradores experientes e especializados.

O reconhecimento e o aprendizado nos conduz a contratar para os próximos anos, um profissional habilitado em ciências contábeis em função do advento de intensa movimentação nos desembolsos do crédito de precatórios derivados do plano verão e piso salarial(com acordo e sem acordo). O evidente auxilio não extinguiu as dúvidas de alguns declarantes do ir, especialmente, a fonte pagadora que continua indefinida e sem consenso jurídico. Declare de acordo com seu entendimento e/ou observe as recomendações do profissional responsável pelo preenchimento de sua declaração. Se existe equivoco, aplique, posteriomente, a retificação. A receita federal ao receber a sua declaração executa um processo de verificação para identificar as inconsistências dos dados apresentados efetuando cruzamentos de informações para localizar fraudes, erros e omissões. O Declarante poderá ir para a malha fiscal, popularmente conhecida malha fina. No caso da indicação da fonte pagadora, com incorreção no nome não serão imputadas penalidades como cobrança de multa e juros.