SINDESP

Uece Realiza Live Para Esclarecimentos Sobre Regularização Do Calendário Letivo

JESS-PORTAL DA NOTÍCIA – EDIÇÃO 2. SINDESP.ORG.BR.

UECE realizará uma live no Canal UeceOficial para fazer esclarecimentos e tirar dúvidas sobre a Resolução no 4650/2021, que regulamenta o trancamento institucional de ofício da matrícula do semestre letivo 2021.2 dos cursos de graduação.

A decisão foi aprovada no Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) da Universidade Estadual do Ceará, no último dia 30 de julho. Na prática, o trancamento institucional de ofício da matrícula do semestre letivo 2021.2 permitirá padronizar procedimentos No dia 9 de agosto (segunda-feira), a partir das 14h, a Pró-reitoria institucionais relativos aos registros acadêmicos, sincronizar os calendários acadêmicos com o calendário civil a partir de 2022, não interferindo na continuidade das atividades regularmente calendarizadas, bem como no fluxo de alunos que entram anualmente na UECE. Assim, o semestre que se inicia em 7 de março de 2022 será o 2022.1, e não mais 2021.2. Para os estudantes dos cursos de graduação que já́ estão regularmente matriculados na UECE, será lançado nos respectivos históricos, a seguinte ocorrência: Trancamento institucional de ofício da matrícula do semestre letivo 2021.2, conforme a Resolução nº 4650/2021 – CEPE.  Esse ato administrativo não será contabilizado aos trancamentos a que o aluno tem direito pelo Regimento da UECE. O trancamento também não poderá ser usado para cálculo de escore da vida acadêmica do aluno e não será contado para o tempo máximo de permanência.
Confira no quadro abaixo uma síntese da proposta.

A motivação para a submissão desta proposta à deliberação do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) se deu em função da necessidade de regularizar o calendário acadêmico da UECE, uma vez que, em decorrência da pausa que foi necessária para a realização das adaptações na transição da forma de ensino presencial para o remoto devido à pandemia da Covid 19, agravou-se ainda mais o descompasso já existente entre os calendários acadêmico e civil. Além disso, entendemos que este seria o momento mais apropriado para apresentar a proposta de trancamento institucional das matrículas nos cursos de graduação da UECE no semestre 2021.2, uma vez que o atraso decorrente da pausa no calendário acadêmico do período 2019.2, devido à pandemia da Covid-19, ocasionou um deslocamento temporal das previsões de realização dos períodos letivos, fazendo coincidir a realização do período 2021.2 entre março e junho de 2022, sendo, portanto, uma oportunidade ímpar para sincronizar, ao menos nominalmente, o calendário acadêmico com o calendário civil.

A regularização do calendário acadêmico tem um efeito muito positivo na vida da comunidade acadêmica, pois eliminará problemas como interrupção, pelas administrações municipais, do fornecimento de transporte para os estudantes das Faculdades do interior do estado nos períodos de recesso e de férias escolares, dificuldades para realização dos estágios curriculares obrigatórios nas licenciaturas, uma vez que há descompasso entre os calendários escolares e acadêmicos, longo prazo entre a realização do vestibular e o início das atividades acadêmicas/semestres letivos, semestres letivos condensados em 18 semanas com inclusão de sábados letivos e redução dos intervalos entre início e fim de cada semestre, dificuldade na realização de atividades acadêmicas estratégicas como mobilidade estudantil, entre outros. Dessa forma, a partir do semestre 2022.1, já haverá uma sincronização do calendário acadêmico com os calendários escolar e civil, fazendo com que os semestres voltem a ter 20 semanas, e a projeção de início e de fim das aulas passa a incluir uma semana a mais para realização das semanas pedagógicas e de integração

FONTE: UECE -NOTÍCIAS